terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Homenagem - caros amigos!

Escadarias da Sé - Fev 2008 - São Paulo-Br.
20 novembro,
Dia da consciência negra,
Sem trocadilhos,
Diria somente assim,
Fosse apenas com uma ressalva:
Qualquer dia sem feriados
Universal.

Os homens de boa vontade,
A perfeição à consciência.
A atitude à perseverança do amor,
A criação à semelhança de Deus.
Louvado seja a consciência!
Incolor indolor renitente.
Arte é viver.
Abraço,

simao
In Verdades - 20 nov 2007

Um comentário:

viamar disse...

Estava de passagem por aqui, li essa poesia, achei interessante. Muito bom e oportuno o tema, uma vez que os ânimos do racismo, vira e mexe, se manifestam por aqui. Ainda bem que esses ares, ao menos à escondida, não encontram galhos para se balancar em pessoas com você. Parabéns! pela idéia, meu amigo simão.

abraços, viamar